top of page
  • Foto do escritorDr.Bondan

Não ignore a Escoliose!

A escoliose idiopática juvenil é uma condição da coluna vertebral que afeta principalmente crianças e adolescentes em fase de crescimento. Neste artigo, vamos explorar o que é a escoliose idiopática juvenil, seus sintomas, causas, diagnóstico e opções de tratamento.


O que é Escoliose Idiopática Juvenil?

A escoliose é uma curvatura anormal da coluna vertebral que geralmente se desenvolve durante a fase de crescimento, entre as idades de 10 e 18 anos. Quando a causa da escoliose é desconhecida e não está associada a outras condições médicas, ela é chamada de escoliose idiopática. Quando a escoliose se desenvolve em crianças e adolescentes, é conhecida como escoliose idiopática juvenil.

Sintomas da Escoliose Idiopática Juvenil

Os sintomas da escoliose idiopática juvenil podem variar de leve a grave e incluem:

  • Curvatura Visível da Coluna Vertebral: A curvatura da coluna pode ser visível quando a criança está em pé, especialmente quando dobrada para frente.

  • Assimetria dos Ombros ou Quadris: Um ombro ou quadril pode parecer mais alto que o outro.

  • Desconforto nas Costas: Alguns pacientes podem experimentar desconforto ou dor nas costas, especialmente após longos períodos de atividade física.

Causas da Escoliose Idiopática Juvenil

A causa exata da escoliose idiopática juvenil ainda não é completamente compreendida, mas acredita-se que uma combinação de fatores genéticos e ambientais possa desempenhar um papel no seu desenvolvimento. Fatores como desequilíbrios musculares, padrões de crescimento anormais e assimetria do crescimento ósseo também podem contribuir para o desenvolvimento da curvatura da coluna.


Diagnóstico e Tratamento

O diagnóstico da escoliose idiopática juvenil geralmente envolve uma combinação de exame físico, histórico médico detalhado e exames de imagem, como radiografias da coluna vertebral. Uma vez diagnosticada, o tratamento pode incluir:

  • Observação Regular: Para monitorar a progressão da curva da coluna ao longo do tempo.

  • Fisioterapia: Exercícios específicos podem ajudar a fortalecer os músculos ao redor da coluna e melhorar a postura.

  • Órteses: Dispositivos como coletes ortopédicos podem ser prescritos para ajudar a estabilizar a coluna e prevenir a progressão da curva, especialmente em casos mais graves.

  • Cirurgia: Em casos graves, quando a curva da coluna continua a progredir mesmo com outros tratamentos, a cirurgia pode ser necessária para corrigir a curvatura e estabilizar a coluna vertebral.

Conclusão

A escoliose idiopática juvenil é uma condição da coluna vertebral que pode afetar significativamente a qualidade de vida das crianças e adolescentes. É importante estar ciente dos sinais e sintomas da escoliose e procurar avaliação médica se houver preocupações. Com diagnóstico precoce e tratamento adequado, muitos pacientes com escoliose idiopática juvenil podem levar uma vida ativa e saudável. Se você ou seu filho estão enfrentando sintomas de escoliose, não hesite em procurar a orientação de um médico especialista em coluna vertebral. Sua saúde e bem-estar são prioridades.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page