top of page
  • Foto do escritorDr.Bondan

Quais são os limites do tratamento conservador?

Atualizado: 1 de mai.

Saiba até quando é possível manter tratamento não-cirúrgico.


cenário da Grécia mostrando um mar bem azul e um ambiente calmo

Viu a imagem acima? Tão agradável como uma vida sem dor. Para isso, existem diversos tratamentos. Mas afinal, até quando tratar sem cirurgia?


O tratamento conservador da coluna vertebral é uma abordagem não-cirúrgica que pode ser eficaz para muitos problemas de coluna, incluindo dores nas costas, hérnia de disco, escoliose, estenose espinhal, entre outros. No entanto, existem algumas situações em que o tratamento conservador pode não ser suficiente e a cirurgia pode ser necessária.

Alguns dos limites do tratamento conservador incluem:

  1. Falta de melhora após várias tentativas: Em alguns casos, mesmo após várias tentativas de tratamento conservador, como fisioterapia, medicamentos, acupuntura, entre outros, os sintomas podem persistir e a cirurgia pode ser necessária para aliviar a dor.

  2. Lesão grave: Se houver uma lesão grave na coluna vertebral, como fratura, disfunção articular facetária ou lesão do ligamento, o tratamento conservador pode não ser suficiente para corrigir o problema.

  3. Síndromes compressivas: Quando uma compressão nos nervos é significativa, como em caso de uma hérnia de disco grande que provoca déficits neurológicos ou estenose espinhal severa, pode ser necessária uma abordagem cirúrgica para aliviar a pressão nos nervos.

  4. Instabilidade da coluna vertebral: Quando há instabilidade da coluna vertebral, o tratamento conservador pode não ser suficiente para corrigir o problema, e a cirurgia pode ser necessária para estabilizar a coluna vertebral.


Conheça o #drbondan e #vivasemdor - Entre no no www.drbondan.com e agende uma consulta agora mesmo.

17 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page